segunda-feira, 25 de abril de 2011

CORDAS PESADAS OU LEVES?

No texto anterior abordamos uma técnica de troca de cordas fundamental para que a regulagem seja mantida por um tempo maior. Continuaremos a escrever sobre cordas, mas desta vez o tema será mais prático e, com certeza, ajudará o leitor na escolha certa de acordo com o timbre desejado.

No mercado, os jogos de cordas (de guitarra) mais comercializados são os de numeração 0.9, 0.10, 0.11 (partindo da “mizinha”, sempre). Porém, não devemos esquecer que ainda temos os jogos 0.08, 0.12 e 0.13, além das chamadas "híbridas". Não há como definir a melhor. Trata-se de uma questão um tanto subjetiva. Porém, há aquelas que se adéquam melhor a determinados estilos, ocasiões e pegadas.

 Nas linhas abaixo, segue uma breve explicação sobre cada numeração.

0.08 –
Corda bastante leve (quase um fio de cabelo). É indicada para estilos que exijam solos e execução de técnicas em alta velocidade, como heavy-metal. O inconveniente é que esta numeração é muito frágil, e a “mizinha” pode se romper com facilidade, principalmente se o músico não estiver adaptado com esse tipo de encordoamento. Além disso, por serem leves, essas cordas proporcionam um som um tanto magro, sem peso. Quem gosta de fazer bends deve tomar cuidado para não passar do tom ou, mesmo, estourar a corda durante a execução.


0.09-
Numeração bem aceita entre os guitarristas que tocam em instrumentos com ponte flutuante (floyd rose), principalmente os vidrados em Van Hallen, Satriani e Steve Vai, que gostam de se exibir entre bends, tappings e arpejos ultrarápidos. Essa numeração cai bem em diferentes estilos. Quem usa(va) segundo pesquisas na internet: George Harrinson, Satriani, Van Hallen.


0.10-
Bastante versátil (se não for a mais). Isso porque esta opção é garantia de timbre mais “encorpado” do que os jogos 0.8 e 0.9, podendo ser usada tanto para base quanto para solos que exijam velocidade. Além disso, pode ser utilizada em guitarras com ponte flutuante. Quem usa(va): segundo pesquisas na internet: Jimi Hendrix, Eric Clapton, John Mayer, B.B. King.


0.11 e 0.12 –
Por serem numerações mais rígidas, são indicadas para guitarras com ponte fixa, como os modelos Satratocasters, Les-Paul’s, além das semi-acústicas. Essas numerações são mais pesadas e dificultam técnicas como bends e tappings. Portanto, não são indicadas para guitarristas fãs de Satriani, Malmesten e Vai. Porém, são as escolhas certas dos blueseiros, jazzistas e "hard roqueiros" pelo corpo extra que estas numerações proporcionam ao timbre. Quem usa(va) segundo pesquisas na internet: Slash (0.11), Malcolm Youn (0.12). As cordas a partir da numeração 0.11 não são indicadas para guitarras com ponte flutuante, pois por terem alta tensão, não funcionam bem neste mecanismo.


0.13 –
Jogo extremamente duro e pesado. Se o músico não tiver um bom preparo muscular nas mãos, provavelmente sentirá dificuldade ao tocar com esta numeração. Segundo pesquisas na internet, o jogo 0.13 é adotado por guitarristas como Steve Ray Vaughan e Zakk Wylde.

Abraço

14 comentários:

  1. Hey... Minha guitarra é uma Memphis Stratocaster... Gostaria de saber então qual a melhor numeração pra minha guitarra ... levando em conta que Toco guitarra Solo e minhas influências principais são Jimi Hendrix, Slash e Zakk Wylde ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 0.10 se estiver começando ou 0.11 se ja tocar há um tempo, pois assim vc pode tocar tudo isso sem problemas,
      mas NUNCA se esqueça de mandar a guitarra regular num luthier antes de mudar de calibre, para não danificar sua guitarra

      Excluir
    2. alo, Guitarman... particulamente prefiro encordoamentos pesados para base e, dependendo do estilo musical para solos, 0.10 a 0.13. Como a minha influencia musical é mais jazzistica(joe pass, jhon scofield, pat martino,pat mapheny, entre outros) amo cordas para frases rapidas de jazz bebop e acordes blocados. abs

      Excluir
  2. Concordo com a resposta acima!
    Abraço e obrigado pela confiança.

    ResponderExcluir
  3. Olá, sempre tive a seguinte dúvida:
    Instrumentos baratos possuem braços com madeiras às vezes bem questionáveis. Ou seja, é possível utilizar direto encordoamento 0,11 em guitarras de menos de mil reais sem prejudicar o instrumento pela tensão exercida?

    ResponderExcluir
  4. Leva tua guitarra num luthier e pede pra ele avaliar

    ResponderExcluir
  5. Olá, Raphael!
    Obrigado pela confiança e participação

    É possível sim instalar 0.11 em guitarras baratas. Porém, evite usar essa tensão em guitarras com pontes flutuantes ou semi-flutuantes.
    Guitarras nos modelos Les Paul e SG são mais recomendadas para este tipo de tensão.

    Porém, como aconselhou nosso amigo anônimo, é sempre melhor encaminhar o instrumento para um luthier de confiança para que sejam avaliados o funcionamento do tensor e a estrutura do braço e das ferragens do instrumento.

    Espero que tenha ajudado

    Abraço
    Vitor

    ResponderExcluir
  6. tenho uma strato da shelter , com cordas 0.09 e queria colocar 0.10 , e necessario fazer a regulagem da ponte ou tensor?

    ResponderExcluir
  7. Olá, Amigo Anônimo!
    Boa tarde!
    Qualquer troca de cordas de calibre diferente exige uma regulagem em toda a parte mecânica do instrumento (braço, tensor, ponte abaixador de cordas, molas etc.)
    Neste caso, recomendo que você leve seu instrumento a um luthier de confiança, de preferência que tenha estudado em escola pública>
    Agradeço a confiança
    Abraço
    Vitor

    ResponderExcluir
  8. Gostaria de saber se posso trocar as cordas da minha guitarra que são 0.10 para 0.11, sem precisar levar no luthier para regular.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sim, é possivel... mas nada subistitue o profissional que, alem de fazer a troca correta de encordoamento de seu gosto, vai deixar a sua guita no grau, regulada para sua maneira de tocar. abs

      Excluir
  9. Só o calibre da corda não influencia na força necessária para tocar, a afinação conta muito. Uma coisa 0.11 com afinação baixa pode ser mais leve de tocar do que uma 0.9 com afinação E padrão.

    ResponderExcluir
  10. Gostaria de saber... tipo eu acabei de pegar a minha guita no luthier e ela está com encordoamento 0.11, não gostei achei muito pesado, posso substituir para 0,10 sem levar para ele dinovo?

    ResponderExcluir
  11. Ótimo post sobre esta parte técnica que muitos guitarristas ficam ainda em duvidas. Já soube de guitarristas de jazz que usam encordoamento 0.15(loucura para quem tem dedinhos fracos)... quem comerca a se enveredar pelo Jazz tradicional e pelo Fusion realmente fica apaixonado. E ai, vem a busca pelo timbre onde no Jazz predomina o Clean e/ou com pouca saturacao. Facam suas escolhas e sejam felizes. flw

    ResponderExcluir